*body* *head*
top of page
O SPED Automation® nasceu com a missão de acelerar a transformação digital em Tax por meio

Combate ao Trabalho Infantil: Inspeção do Trabalho divulga infos pela Carteira de Trabalho Digital

Iniciativa é uma das ações do Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil e chegará a aproximadamente 22 milhões de pessoas


Publicado em 11/06/2021 15h00


Como parte das ações alusivas ao Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, a Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT) divulgará orientações sobre o tema durante todo o próximo final de semana através da Carteira de Trabalho Digital.


Os 22 milhões de usuários do aplicativo receberão, nos dias 12 e 13 de junho, um link de acesso para algumas orientações, desde o que é trabalho infantil e até como denunciá-lo.


“Estamos no Ano Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil e, por isso, é fundamental orientarmos e mobilizarmos a sociedade para a questão. A erradicação do trabalho infantil não é dever apenas do Estado, mas de toda a sociedade. A inspeção do trabalho está atuante e também pode ser acionada sempre que necessário através dos canais de denúncia disponíveis”, afirma o Auditor-Fiscal do Trabalho Romulo Machado, Subsecretário de Inspeção do Trabalho.


Para conhecer o material elaborado especificamente para a data, acesse gov.br/trabalho/saiba-mais.


Ações Regionais e Campanha


Diversas ações estão sendo realizadas por Auditores-Fiscais do Trabalho pelo país para marcar o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. Além disso, foi lançada a campanha “#2021UmAnoPara”, desenvolvida pela Iniciativa Regional América Latina e Caribe Livres de Trabalho Infantil, da qual a SIT faz parte.


A Inspeção do Trabalho usará artes alusivas ao Ano Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil nas diversas iniciativas que realizará pelo país, que incluem eventos de sensibilização e informação com a rede de proteção e atores sociais.


“Precisamos intensificar as ações para acelerar o cumprimento de nosso objetivo de erradicar o trabalho infantil e proteger o adolescente trabalhador, com especial atenção ao contexto da pandemia”, explica o Auditor-Fiscal do Trabalho Roberto Padilha, Coordenador Nacional de Fiscalização para o Combate ao Trabalho Infantil, da Divisão de Trabalho Infantil e Igualdade de Oportunidades (DTIOP/CGFIT/SIT).


Fonte: Portal eSocial

3 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page