top of page
O SPED Automation® nasceu com a missão de acelerar a transformação digital em Tax por meio

A calculadora do ReVar desenvolvida pela Receita Federal em parceria com a Bolsa de Valores do Brasil (B3) já está disponível para testes

No momento, foi implantada a versão beta, para teste por um grupo de investidores selecionados a convite da B3.


Publicado em 08/05/2024 14h58


No último dia 6 de maio, foi disponibilizada para um grupo de investidores selecionados pela B3 a versão beta do ReVar, a calculadora de Imposto de Renda sobre Renda Variável. O projeto foi desenvolvido em parceria com a B3 que atuou auxiliando na especificação e testes do programa.


Essa primeira versão do ReVar está limitada ao mercado à vista e a investidores pessoa física que não possuam posições ou operem com ouro ativo financeiro, empréstimos de valores mobiliários, mercado futuro, a termo ou mercado de opções. 


Merece destaque a consulta automatizada pelo ReVar às informações sobre os investimentos em renda variável existentes na base de dados da B3. Essa consulta é realizada mediante autorização prévia do investidor e por meio de APIs (Interface de Programação de Aplicação), o que garante a integridade e confidencialidade no recebimento das informações. 


Até 31 de julho, o ReVar estará disponível apenas para os investidores que tenham sido convidados pela B3, para testes e validação de regras do ReVar na versão beta. A partir de 1º de agosto, ele poderá ser usado pelos demais investidores. 


O investidor economizará tempo, terá mais segurança quanto ao cálculo do imposto e poderá se dedicar mais à análise e a gestão do seu portfólio de investimentos. 


É importante ressaltar que a cobrança do imposto a pagar sobre ganhos em renda variável continua decorrente do preenchimento da ficha específica dentro da Declaração Anual do Imposto sobre a Renda das Pessoas Físicas, a declaração do IRPF.


Esse é um marco importante para a Receita Federal e representa nosso compromisso contínuo em fornecer soluções inovadoras para os cidadãos.


Fonte: Receita Federal do Brasil

2 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page