*body* *head*
top of page
O SPED Automation® nasceu com a missão de acelerar a transformação digital em Tax por meio

Benefícios Previdenciários -Tempo médio de concessão fechou novembro em 55 dias 

No mês anterior o tempo médio estava em 57 dias. Se comparado a novembro de 2022, a queda foi de 30%

 

Publicado em 11/12/2023 15h56 Atualizado em 11/12/2023 15h58

As ações de enfrentamento à fila da Previdência Social já impactaram o Tempo Médio de Concessão (TMC) de benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Balanço aponta que o tempo médio de espera em novembro ficou em 55 dias, ante 57 de outubro. Se comparada a novembro do ano passado, a espera caiu 30%, quando o período médio estava em 79 dias. A expectativa é de que os requerimentos fiquem dentro do prazo legal, que são 45 dias. Entram no TMC aposentadorias, pensões, salário-maternidade e auxílios. Não entram nessa conta os acordos internacionais e as análises de pós-perícia.

Simplificação de requerimentos no Meu INSS, Atestmed – que é a troca da perícia presencial pela análise documental –, atendimento para entrega do atestado nas Agências da Previdência Social, e mutirões de atendimento de avaliações sociais e perícias médicas visando reduzir a fila de pedidos de Benefício de Prestação Continuada (BPC) para pessoa com deficiência, estas são algumas das ações que o Ministério da Previdência Social e o INSS têm implementado para trazer a espera pela análise dos requerimentos para dentro do prazo legal de 45 dias.

Para se ter uma ideia, somente de agosto a novembro deste ano foram concedidos 16.946 benefícios por incapacidade mediante transformação de perícia inicial presencial por Atestmed.

Martha Imenes/Ascom

Fonte: Instituto Nacional do Seguro Social


0 visualização

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page